Professora universitária que desmente Miriam Leitão é militante fervorosa do PT

Para contrapor à denúncia de Miriam Leitão, a imprensa petista divulgou matéria nesta terça-feira (13) onde uma suposta passageira do mesmo voo, afirma que a jornalista estaria mentindo e não teria sido agredida durante a viagem na Avianca, no trecho Brasília-Rio de Janeiro.

É a velha tática petista de nunca assumir os seus erros e tentar denegrir a imagem alheia.

Que interesse teria Miriam Leitão em inventar esta história fantástica?

De qualquer forma, a mulher que desmente a jornalista, Lucia Capanema Alvares, uma professora da Universidade Federal Fluminense, é uma inflamada militante petista, ‘dilmista’ de carteirinha, que pede insistentemente em seu perfil no Facebook, ‘Volta Dilma’.

Aliás, numa outra postagem da mesma professora, ela elogia João Vaccari Neto e brada ‘dignidade é pra quem tem’.

Ou seja, quem desmente a jornalista, possivelmente fazia parte do grupo que a agrediu.

Será que ela merece alguma credibilidade? 

da Redação

da Redação

Comentários