Amigos de Lula pedem a cabeça de Cristiano Zanin

O processo sobre o caso do tríplex do Guarujá, encaminhado nesta quarta-feira (21) para às mãos do juiz Sérgio Moro, nos próximos dias deve receber o esperado veredito do magistrado.

Não há dúvidas, diante das incontáveis provas produzidas, que o réu será condenado.

Todavia, há muito tempo, pessoas próximas do ex-presidente estão a aconselhá-lo a afastar Cristiano Zanin de sua defesa.

O tom imposto pelo advogado, na opinião de inúmeros amigos de Lula, tem sido desastroso.

Não se advoga uma causa com arrogância, provocações e em cansativos confrontos com a posição do juiz.

Na realidade, o bombardeio contra Zanin começou logo após a audiência de Lula em Curitiba, fato noticiado por Dora Kramer na revista Veja.

Com a aproximação do julgamento e a patética alegações finais apresentada nesta terça-feira (20), quando Cristiano Zanin e sua esposa Valeska Teixeira Zanin atribuíram a propriedade do tríplex à Caixa Econômica Federal, fato imediatamente desmentido pela própria Caixa em nota oficial (veja aqui), a sobrecarga pela cabeça do ‘almofadinha’ voltou com força total.

Assim, diante da iminente condenação, a necessidade de novos recursos e a condução da defesa em outros processos contra Lula, manter Zanin está sendo considerado um suicídio, avalia um grupo bem próximo ao petista.

A bem da verdade, Lula já era...

Gonçalo Mendes Neto

goncalo@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Comentários