A intrigante situação de Marcelo Miller

No pronunciamento efetuado nesta terça-feira (27) o presidente da República atacou acintosamente o advogado Marcelo Miller.


As queixas de Michel Temer fazem sentido, não para comprovar a sua inocência, mas para revelar que a podridão pode estar instalada em todos os setores deste país e que ética e decência não existem, são absolutamente desconhecidas por nossas autoridades, salvo raríssimas exceções.

Aparentemente a situação do advogado parece fazer parte de uma trama diabólica, sabe-se lá com que objetivos.

Marcelo Miller até abril era procurador da República, membro do Ministério Público Federal e atuante na Operação Lava Jato.

Repentinamente pediu exoneração do cargo concursado, um dos mais cobiçados e mais bem pagos da atualidade.

Dias depois, Marcelo Miller aparece como integrante do escritório jurídico encarregado da delação da JBS e exerce papel fundamental na mais benevolente delação premiada da história, negociando com seus antigos colegas do MPF.

Juridicamente, a princípio, tudo em ordem. Moralmente uma situação típica de uma República de bananas.

Amanda Acosta

Amanda @jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça