A propina retirada diretamente do bolso do cidadão

Há três décadas, empresários do Rio pagam propina por aumento das passagens de ônibus.


O esquema foi desvendado no Rio de Janeiro, mas é certo que ocorre exatamente igual em outros estados da federação.

Os aumentos das passagens são negociados pelo poder executivo com os donos de empresas de ônibus, mediante o pagamento de propina.

Por cada centavo que se aumenta na passagem, um percentual vai para o bolso dos políticos.

É o político enfiando a mão diretamente no bolso do cidadão. É a propina que não tem fim. 

É a propina que é paga mensalmente, de acordo com o volume de passagens vendidas.

É a lama generalizada.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça