O telefonema que colocou Geddel atrás das grades

Uma ligação telefônica foi responsável para que fosse decretada a prisão preventiva do ex-ministro Geddel Vieira Lima.


Faltou a Geddel a frieza que sobrou em Joesley Batista.

Desesperado, temendo ser preso, Geddel fez uma ligação para a esposa do operador de propinas Lucio Funaro. 

A intenção era obter da ilustre senhora a informação se Funaro estava negociando uma delação premiada.

Obviamente, o baiano vinha sendo monitorado pela Polícia Federal.

O juiz Vallisney de Souza entendeu a movimentação como ‘obstrução da Justiça’.

Muito bobinho o tal Geddel, não se deu conta de que os tempos são outros.

Aliás, foi por esse tipo de atitude inconsequente, que ele se indispôs com o então ministro Marcelo Calero e perdeu o ‘foro privilegiado’.

Bem feito...

da Redação

da Redação

Comentários

Mais em Política