Vaccari volta a ser derrotado no TRF e frustra festa preparada pelo PT

Com a recente absolvição em um de seus processos no Tribunal Regional de Recursos da 4ª Região, a defesa do ex-tesoureiro petista João Vaccari Neto, tentou nesta quarta-feira (5) derrubar a sua prisão preventiva e consequentemente restituir-lhe a liberdade.

Um grupo de petista preparava um manifesto para recepcioná-lo em São Paulo, onde o meliante seria recebido como ‘guerreiro do povo brasileiro’.

O advogado Luiz Flávio Borges D'Urso tentou emplacar a ideia que o mandado de prisão em vigor era uma extensão do anterior, cujo processo ele foi absolvido.

O desembargador relator da Lava Jato no TRF João Pedro Gebran Neto no entanto, entendeu que se trata de outro crime e que as ações não se confundem e a absolvição no outro caso, ‘não desmerece’ a ordem de prisão preventiva neste processo.

Ademais, Vaccari tem outras quatro condenações e ainda é réu em outros três processos criminais.

Assim, depreende-se que é um sujeito de altíssima periculosidade.

Fim de festa para o PT.

da Redação

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...