Lula e ‘o batom na cueca’ (veja o vídeo)

As provas obtidas na investigação do mal afamado tríplex do Guarujá são contundentes e não deixam dúvidas quanto a propriedade do imóvel. Da mesma forma, o tal sítio de Atibaia.


A alegação de Lula e seguidores, pedindo que lhe apresentem a escritura é patética, pois é justamente neste ponto que se revela a acusação, a utilização de ‘laranjas’ para a ocultação de bens, vez que adquiridos com dinheiro oriundo de propina.

Entretanto, até 2015, crente na impunidade, até 2015 Lula declarou a propriedade do imóvel de Guarujá. Dai em diante, quando as investigações da Lava Jato avançaram sobre o bem, o imóvel virou um ‘fantasma’, simplesmente sumiu do Imposto de Renda do ex-presidente. O bem evaporou, não aparecendo mais na declaração de 2016.

A tentativa de ocultação revela claramente o crime e a prática delituosa. Veja o documento extraído do processo:



Quanto ao imóvel de Atibaia, um vídeo já revelado pelo Jornal da Cidade Online, demonstra que Lula assumiu a responsabilidade pela reforma do sítio em Atibaia. Assumiu que foi ele quem negociou, de viva voz em alto e bom som, durante uma audiência com o juiz Sérgio Moro.

Em 30 segundos ele assevera que o assunto foi discutido entre ele, Léo Pinheiro e Paulo Gordilho.

Uma confissão explicita.

Abaixo, veja o vídeo.

Vanessa Mallmann

vanessa@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça