Ricardo Teixeira pode ser preso por ordem internacional de captura

O ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem contra si uma ordem internacional de busca e captura, emitida pela Justiça espanhola.

A informação foi revelada pelo site espanhol ‘Cronica Global’.

Teixeira é acusado de participação no esquema montado para desviar milhões de dólares em jogos amistosos da seleção.

A decisão é de uma juíza espanhola, datada do dia 12 de julho.

Conforme revelado em 2013, acordos secretos permitiram que a renda dos jogos da seleção fosse desviada para uma empresa em nome de Sandro Rosell, aliado de Teixeira e ex-presidente do Barcelona.

Rosell está preso desde junho. A Justiça espanhola apontou que parte do dinheiro que ia para sua empresa, a Uptrend, era desviado para Teixeira.

da Redação

da Redação

Comentários