PT e PCdoB declaram irrestrito apoio a Maduro e ignoram o saldo de cem mortos na Venezuela

O acirramento da violência na Venezuela, o ataque ao parlamento promovido por militantes chavistas e a morte de cidadãos venezuelanos, recebeu apoio oficial do PT e do PCdoB no encontro realizado em Manágua, na Nicarágua, no decorrer desta semana.


A escalada da violência política na Venezuela já tem um saldo de mais de cem mortos.

Tais fatos foram simplesmente ignorados na reunião entre os partidos de esquerda da América Latina e do Caribe, o tal 23º Foro de São Paulo, que redigiu um documento defendendo uma nova Constituição, ampliando os poderes do tirano Nicolás Maduro.

A presidente do PT Gleisi Hoffmann, presente no evento, fez discurso e bradou apoio total a Maduro ‘frente à violenta ofensiva da direita contra o governo da Venezuela’.

É lamentável e incompreensível.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional