Amigo de Gilmar Mendes assume que liderou quadrilha que dilapidou os cofres públicos (veja o vídeo)

A segunda-feira (24) foi realmente marcante na luta contra a corrupção. A juíza Selma Arruda dos Santos, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá (MT), tida como a ‘Moro de saias’, conseguiu arrancar uma importante confissão do ex-governador Silval Barbosa.


Em depoimento, o político mato-grossense assumiu a condição de líder de uma organização criminosa que funcionava dentro do governo do estado durante a sua gestão.

Silval Barbosa disse que a quadrilha foi formada para quitar dívidas. ‘Eu fui o líder da organização. Eu que determinava e liderava, junto ao Pedro Nadaf (ex-Chefe da Casa Civil). Existia uma organização criminosa para conseguir dinheiro para pagar compromissos políticos’, afirmou.

O ex-governador ganhou fama nacional por sua estreita amizade com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

Por ocasião das primeiras investidas da Polícia Federal contra o criminoso, ele prontamente recebeu a solidariedade do ministro, captada por um grampo da Polícia Federal.

Abaixo, ouça a gravação.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça