O deputado que resolveu competir com Marcela Temer

A atual situação em que se encontra o Brasil pode ser diagnosticada facilmente com a análise do perfil de nossos políticos.


Os mais espertos e/ou inteligentes são devassos e corruptos. Os idiotas são bajuladores incontroláveis.

É o caso de Wladimir Costa, do Partido Solidariedade, do Pará, que resolveu abrir concorrência com a primeira dama Marcela Temer.

Mandou fazer em seu corpo uma tatuagem com o nome do presidente, maior e mais visível do que a ostentada pela bela esposa de Michel Temer.

Deveria ser cassado por falta de decoro, pois o sujeito é verdadeiramente indecoroso.

Sem dúvida, uma demonstração inequívoca da péssima qualidade de nossa classe política.

Otto Dantas

otto@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Comentários

Mais em Tema Livre