Ex-chefe da Casa Civil, primo do governador de Mato Grosso, é preso nesta sexta-feira

Mandado de Prisão Preventiva emitido pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso, prendeu na manhã desta sexta-feira (4) o ex-secretário chefe da Casa Civil Paulo Taques, primo do governador Pedro Taques.


Ele é suspeito de envolvimento em esquema de grampos clandestinos operados pela Polícia Militar no estado.

Mais de 100 pessoas tiveram as conversas grampeadas de maneira totalmente ilegal, entre elas políticos de oposição ao atual governo de Mato Grosso, advogados, médicos e jornalistas. 

A decisão do TJMT, afirma que o ex-secretário ‘vem buscando, de todas as formas, interferir diretamente na apuração dos fatos, mediante a utilização dos meios de comunicação, sobretudo pelo forte prestígio que ainda possui perante a imprensa de uma forma geral, ou, quiçá, de espaços decorrentes de suas relações com o governo’.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça