Com que autoridade Gilmar ataca Janot? (vídeos são desmoralizantes)

‘Ele perdeu todas condições de equilíbrio para continuar exercendo o cargo’, disse o ministro Gilmar Mendes sobre o procurador-geral da República Rodrigo Janot, numa entrevista publicada neste domingo no site do jornal Estadão.


Com extrema ironia, ele diz ainda que deseja ao procurador uma ‘boa viagem’.

O ministro ainda anuncia o jantar marcado com o presidente Michel Temer, para este domingo (6), onde discutiria a Reforma Política.

Fica o questionamento: flagrado em grampos com o senador Aécio Neves e com o ex-governador de Mato Grosso Silval Barbosa, Gilmar ainda tem condições morais de permanecer no cargo?

Na conversa com o senador, este solicita claramente a atuação política partidária de Gilmar, pedindo que ele interceda junto a um outro senador, para que este vote pela aprovação do projeto de lei que trata do abuso de autoridade. Gilmar acata o pedido e promete atuar politicamente. Uma coisa bisonha e repugnante. Veja o vídeo: 



Na conversa com Silval Barbosa, a situação é medonha e nauseante. Ao saber que a Polícia Federal cumpria mandado de busca e apreensão na casa do ex-governador, sem delongas, Gilmar promete interferir no processo junto a outro ministro ‘vou conversar com ele. Eu vou lá, depois se for o caso a gente conversa. Um abraço de solidariedade’. Veja o vídeo:

da Redação.

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça