Matheus Dal'Pizzol

Palpites sobre o oblívio das virtudes

Fugindo do socialismo bolivariano, mais de 6,4 mil venezuelanos solicitam refúgio no Brasil


Pacaraima, cidade brasileira que faz fronteira com a Venezuela, já pode, tranquilamente, ser apelidada de “a Berlin latino-americana”. Tal como os alemães-orientais deixavam tudo que tinham para trás no “paraíso socialista” para tentar uma nova vida na Alemanha Ocidental, “americanizada, imperialista e opressora”, nossos vizinhos venezuelanos hoje cruzam a fronteira para tentar recomeçar no Brasil.

Para que o Brasil - sendo o Brasil - esteja melhor, isso deve deve dar uma boa ideia do quão ruim a situação no país chavista deve estar. Mesmo assim, as esquerdas brasileiras não retiram seu apoio ao ditador Nicolás Maduro.

Segundo a polícia federal, mais de 3 mil carteiras de trabalho foram entregues a venezuelanos nos últimos 7 meses, enquanto os pedidos de refúgio atingiram a marca dos 6.438. O panorama de desespero, agravado pela Constituinte bolivariana, fica mais claro quando comparado com 2015, quando 230 pedidos foram feitos e os 2230 realizados de janeiro até junho de 2017.

Os moradores relatam que as filas na Polícia Federal começam a se formar às 4h, sendo que os atendimentos iniciam somente às 8h.

Matheus Dal'Pizzol

Palpites sobre o oblívio das virtudes

Siga-nos no Twitter!

Mais de Matheus Dal'Pizzol

Comentários

Notícias relacionadas