A forte ligação entre Cabral e Cavendish, nos negócios, no amor e nas ‘farras’

A situação do ex-governador Sérgio Cabral Filho, que já era péssima, ficou ainda pior nesta segunda-feira (7), após o empresário Fernando Cavendish afirmar ao juiz Marcelo Bretas que pagou 5% de propina para Cabral, para que pudesse participar do consórcio para reforma do Maracanã.


O que Cavendish diz é uma pequenina parte da verdade.

Os negócios ilícitos havidos envolvendo a dupla foram muitíssimo maiores, estratosféricos.

A negativa de Cabral é hilária, sem sentido, uma deslavada mentira que não se sustenta.

Ademais, todo mundo sabe da ligação fortíssima entre Cabral e Cavendish, companheiros de negócios, negociatas, amor e dor.

Ambos perderam suas ex-mulheres no mesmo acidente.

Cabral, em 2011, após se separar de Adriana Ancelmo, foi viver com Fernanda, irmã de Jordana, esposa do empresário.

Fernanda e Jordana morreram num acidente de helicóptero em Porto Seguro. Cabral e Cavendish, sempre unidos, escaparam, pois iriam no voo seguinte.

A perda de Fernanda reaproximou o então governador de Adriana e ambos acabaram se reconciliando.

Porém, o laço afetivo entre os ‘viúvos’ perdurou, até ser rompido pela Polícia Federal

Amanda Acosta

amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Amanda Acosta

Comentários