Estados Unidos e Cuba reabrem embaixadas nesta segunda

Estados Unidos e Cuba restabelecem hoje as relações diplomáticas e reabrem embaixadas nas respectivas capitais após meio século de inimizade, feito que o chanceler cubano, Bruno Rodríguez, marcará com uma visita histórica a Washington e uma reunião com o secretário de Estado americano, John Kerry.

Sete meses depois que os presidentes americano, Barack Obama, e cubano, Raúl Castro, surpreenderam o mundo com o anúncio de um processo de aproximação bilateral, os dois governos darão fim a décadas de hostilidade com a reabertura das embaixadas e o reatamento das relações diplomáticas que foram rompidas em 1961.

Rodríguez, que nunca esteve na capital americana, assistirá à reabertura da embaixada de Cuba, um edifício que agora sedia o Escritório de Interesses cubano em Washington. Na cerimônia, será içada a bandeira cubana, revelada uma placa que identificará a mansão como a embaixada de Cuba e Rodríguez discursará. Pela tarde, ele se reunirá com John Kerry. No final da reunião, Rodríguez e Kerry darão uma entrevista coletiva, a primeira conjunta de um secretário de Estado e um chanceler cubano em mais de meio século.

Já a missão americana em Havana mudará de status sem grandes festejos, segundo o Departamento de Estado. Os EUA adiarão a cerimônia até que Kerry visite Havana, uma viagem ainda sem data estabelecida e que marcará a primeira parada de um secretário de Estado americano em Cuba desde 1945. 

           https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Comentários