Eduardo Affonso

É arquiteto no Rio de Janeiro.

O mundo está ao contrário e ninguém reparou

Esquerdistas comemoram a escolha de uma Miss Brasil negra, num concurso de beleza que a esquerda considerava vergonhoso, misógino e retrógrado por classificar as mulheres pela aparência, com base num padrão de beleza inalcançável para a maioria delas.


Direitistas acham que qualquer negra eleita Miss Brasil só o foi por causa da cor da pele. Se fosse branca, teria sido pela beleza mesmo.

2. Professora esquerdista que faz a apologia da violência contra direitistas é agredida por aluno e se diz vítima, sem fazer qualquer reflexão sobre o uso da violência como forma de manifestação.

Direitistas que criticam a apologia da violência por parte da professora acham que a questão é cármica, não política.

3. Esquerdistas que consideram marginais como vítimas da sociedade e menores de idade como inimputáveis se solidarizam com professora agredida e não tem nenhum gesto de carinho pela criança agressora, vítima (inimputável) da sociedade.

Direitistas que pregam redução da maioridade penal e que todos respondam por seus atos consideram o aluno agressor uma vítima do péssimo sistema educacional e da doutrinação ideológica promovida pela esquerda.

4. Racistas fazem protesto contra a derrubada de monumento histórico e aproveitam para reafirmar seu racismo anacrônico.

Antirracistas protestam por entender que a História deve ser reescrita e que racistas não têm direito à liberdade de expressão.

5. Muçulmanos fanáticos promovem matança indiscriminada em país europeu.

Europeus civilizados propõem retaliação indiscriminada contra todos os muçulmanos.

5. Estudantes de esquerda concedem diploma de "Doutor Honoris Causa" a Lula, como se tivessem atribuição para tal.

Críticos de direita se deleitam não com a nulidade do diploma dado a Lula, mas com o fato de os discentes não saberem escrever decentemente a palavra "discente".

6. Nazistas de direita afirmam que o nazismo é de esquerda.

Nazistas de esquerda afirmam que o nazismo é de direita.

Nazistas, racistas, machistas, agressores, fanáticos, analfabetos, manipuladores são sempre os outros.


A direita de quem entra fica à esquerda de quem sai.

Eduardo Affonso

É arquiteto no Rio de Janeiro.

Siga-nos no Twitter!

Mais de Eduardo Affonso

Comentários

Notícias relacionadas