Prisão de Onofre é vitória de Bretas contra o ‘ser supremo’

A nova prisão do ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Rio (Detro-RJ), Rogério Onofre, é indubitavelmente uma acachapante vitória do juiz federal Marcelo Bretas em relação ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.


Onofre se entregou na manhã deste sábado (26), após ter sido considerado foragido pela Justiça, fato que colocou o ministro numa desconfortável ‘saia justa’.

Em função das circunstâncias em que se deram a nova ordem de prisão, amordaçando a língua ferina e congelando a caneta malévola de Gilmar Mendes, o juiz sai extremamente fortalecido e o ministro se vê obrigado a contemplar mais um episódio de plena desmoralização.

Agora só falta coragem para que a ministra Cármen Lúcia dê andamento nos pedidos de suspeição de Gilmar Mendes, que permanecem engavetados no seu gabinete.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Amanda Acosta

Comentários

Notícias relacionadas