Bilionário, ‘rei da soja’ e corrupto (?)

De acordo com o delator da Operação Sodoma, o ex-governador Silval Barbosa, o grande chefe da quadrilha é o seu antecessor no governo do estado de Mato Grosso, de quem foi vice, o atual ministro da Agricultura Blairo Maggi.


A revelação é deplorável e demonstra a sordidez do político brasileiro.

Blairo Maggi é um homem empreendedor, uma das maiores fortunas do Brasil. Fundador e maior acionista do grupo Amaggi, considerado o maior produtor mundial de soja, o que lhe rendeu o título de ‘rei da soja’.

Esperava-se que quando resolveu enveredar na política, estivesse fazendo para realmente prestar um serviço à sociedade.

Com a fortuna que construiu, jamais iria se imaginar que Blairo Maggi fosse se envolver em negócios ilícitos e práticas espúrias de corrupção e propina.

Ledo engano. Está aí o ministro envolvido em inúmeras acusações, enrolado até o pescoço e caso não tivesse o nefasto ‘foro privilegiado’ certamente estaria preso.

Vê-se que o problema do Brasil parece ser cultural.

Só a punição severa poderá frear esta sanha incorrigível de ganhar dinheiro fácil.

Lívia Martins

Articulista e repórter
livia@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Lívia Martins

Comentários

Notícias relacionadas