As provas, a nova condenação e a ‘sentença anunciada’

A rede petista que tenta de toda forma desmoralizar a Operação Lava Jato, tem apregoado que a decisão do caso tríplex era uma ‘sentença anunciada’.


Ora, toda sentença, quando as provas são coerentes com a denúncia, é anunciada (previsível) desde o início da ação penal.

No próprio interrogatório, Lula se negou a responder várias perguntas.

A sentença do caso do sítio também já é anunciada e é previsível por todos.

E caberia a Lula, caso fosse inocente, no seu interrogatório, enfrentar todas as perguntas e explicar os fatos.

Se não explica, está anunciado que será novamente condenado...

E isso não é perseguição: mas estado democrático de direito...

No caso em que Lula é acusado de receber propinas da Odebrecht, provavelmente o próximo a ser julgado pelo juiz Sérgio Moro, os dados do sistema Drousys, que estavam armazenados num servidor da Suécia, permitiram rastrear os repasses do departamento de propinas da Odebrecht para a compra do prédio do Instituto Lula.

É mais uma condenação, também anunciada, que garante que Lula está morto, politicamente e juridicamente.

(com informações de Eduardo Bottura)

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política