A sociedade tem que encarar o indecente corporativismo do Judiciário (veja o vídeo)

É bem difícil acreditar em avanços num país que tem um Judiciário e também o Ministério Público envoltos num esquema promíscuo de proteção corporativista.


O Brasil não vai avançar e jamais será passado a limpo, enquanto houverem autoridades descomprometidas com a causa, ou enquanto essa casta da sociedade não se dispuser ou for obrigada a abrir de privilégios absurdos e distanciados da nossa atual realidade.

Nesse sentido, o comentarista Marco Antonio Villa, há poucos dias, deu uma verdadeira lição em seu comentário num programa da Rádio jovem Pan. Confira:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça