Depoimento de Palocci e de Lula no dia 13 serão fundamentais para rápida sentença

A segunda condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está bem próxima. O depoimento do ex-ministro Antonio Palocci foi devastador e terá importância decisiva na prolação da sentença.


Na próxima quarta-feira (13), a tal caravana do petista segue para a ‘República de Curitiba’, quando o réu terá que se explicar perante o juiz Sérgio Moro.

Evidente que Lula está perdido, sem saída e aguardando o ‘tiro de misericórdia’.

E desta feita, após ter amargado péssimos resultados nos eventos realizados no nordeste, Lula está em frangalhos, verdadeiramente arrasado, com a exata percepção de que chegou ao fim da linha.

O depoimento do ex-ministro foi recebido como uma punhalada pelas costas, pois Palocci sempre foi considerado homem da mais alta confiança, a quem todos os segredos eram confiados, inclusive estes que ora estão sendo expostos para a nação.

Na vida, um líder do mal, no momento em que precisa de apoio é fatalmente abandonado. Acaba o respeito e o espírito de solidariedade e passa a reinar o ‘salve-se quem puder’.

É a exata situação de Lula, que neste momento só conta com o que restou da militância, alguns verdadeiros alucinados que ainda acreditam no Papai Noel, na Mula Sem Cabeça, no Saci Pererê e na ‘Jararaca’ honesta. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça