Janot tem ‘encontro proibido’ com advogado de Joesley

Parece inacreditável, mas aconteceu. O Procurador-Geral da República Rodrigo Janot e o advogado do empresário Joesley Batista, Pierpaolo Bottini, tiveram um encontro em Brasília neste sábado (09)


O fato foi divulgado no início da madrugada deste domingo (10) pelo site ‘O Antagonista’.

A inusitada ‘reunião’ foi realizada num local 'insuspeito', um pequeno boteco de quinta categoria da capital federal, onde as duas figuras ficaram sentadas ao lado de caixas de cerveja e tiveram uma conversa que durou cerca de 20 minutos.

O site ‘O Antagonista’ logrou obter contato com Pierpaolo Bottini, que confirmou o encontro fora da agenda, mas disse que foi ‘casual’.

Veja abaixo a explicação do advogado:


‘Na minha última ida a Brasília, este fim de semana, cruzei casualmente com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, num local público e frequentado da capital. Por uma questão de gentileza, nos cumprimentamos e trocamos algumas palavras, de forma cordial. Não tratamos de qualquer questão outra ou afeita a temas jurídicos. Foi uma demonstração de que as diferenças no campo judicial não devem extrapolar para a ausência de cordialidade no plano das relações pessoais.”


A explicação do causídico leva a seguinte conclusão: Janot e Bottini frequentam o mesmo boteco, tem assuntos em comum e gostam da mesma ‘cachaça’.

De qualquer forma, a essa altura dos acontecimentos, a coisa ficou extremamente 'mal cheirosa'.

da Redação

Comentários

Mais em Tema Livre