Pelo bem do Brasil, Lula precisa ser preso logo

Todos os criminosos que se chafurdaram nos cofres públicos, independente de sigla partidária, devem pagar pelos seus malfeitos.

A lista dos que devem ser presos é enorme. Aqueles que estão sob o crivo da 1ª instância, notadamente da Operação Lava Jato em Curitiba, Rio de Janeiro e Brasília, sentirão mais rapidamente o peso da condenação, como já vem acontecendo. O problema são os que detém o nefasto ‘foro privilegiado’ e, voltando no âmbito da 1ª instância, o réu Luiz Inácio Lula da Silva.

Esperneando para evitar sua prisão, Lula tenta politizar todas as ações da Justiça em que está envolvido. Ataca as instituições, acusa a Polícia Federal de ter plantado provas no seu apartamento, agride os procuradores da força tarefa do Ministério Público, ataca o juiz Sérgio Moro e agora também ataca o Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Enfim, sabedor de seu alto grau de culpabilidade, Lula busca insuflar o que ainda resta de militância do PT e tenta criar confusão no tocante ao processo eleitoral que se avizinha, apresentando-se como candidato, fazendo campanha fora de época e acusando a Justiça, o MP e a polícia de participarem de um conluio contra a sua candidatura, afim de evitar que seja candidato.

Pessoalmente, gostaria que Lula fosse candidato para ser derrotado nas urnas e desmoralizado. Todavia, diante de todos os crimes que cometeu, Lula não merece esta chance.

Assim, em nome da estabilidade, para evitar essa confusão que Lula e o PT tentam impor, o réu Luiz Inácio Lula da Silva deve ser preso logo.

O mais rápido possível.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Mais de Amanda Acosta

Comentários

Notícias relacionadas