Cuba usou dinheiro brasileiro para construir porto e vender armas para Kim-Jong un

O que já se imaginava está devidamente comprovado. O governo cubano de Raul Castro fez uma insólita parceria com a Coréia do Norte e o ditador Kim-Jong un.

Cuba faturou com a venda de armas para a Coréia e utilizou para tal o Porto de Mariel, construído com o dinheiro do povo brasileiro, na era PT.

O Brasil colocou 682 milhões de dólares no investimento cubano, que propiciou a venda de 240 toneladas de armamento para o tirano coreano.

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) já atestou a veracidade desses fatos, que descumprem todas as sanções internacionais contra o regime autoritário da Coreia do Norte.

No relatório da ONU, o Brasil é culpabilizado nos seguintes termos:

‘Mariel está sendo desenvolvido como um grande porto de águas profundas e como área de livre comércio por um consórcio Cuba-Brasil’.
A conclusão é inverídica, pois o Brasil não teve qualquer retorno em função do insano investimento.

Certamente, o PT teve.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional