Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Rock in Rio 2017 e suas Alices no País das Maravilhas

Este Rock in Rio 2017 entrará para a história como um dos piores já realizados.

Está sendo utilizado pela classe artística nacional como palanque para expor toda a sua hipocrisia e a sua falta de sintonia com a realidade nacional.

Rogério Flauzino soltou uma grande pérola  ao afirmar que a violência que estava explodindo na favela da Rocinha, no momento que seu show era realizado, não representava a realidade brasileira.

Em que país vivem esses artistas?

Cercados de seguranças armados, viajando em seus jatinhos particulares ou encastelados em suas mansões, talvez fique realmente difícil de compreender o verdadeiro sofrimento do povo brasileiro.

É Interessante também notar como só após começar  a faltar o dinheiro fácil da Lei Rouanet essas Alices, digo Rogério ou será Gisele Bündchen, começaram a fingir que estão realmente preocupados com o melhor destino de nosso país.

Chega de hipocrisia. Estamos cansados.

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Siga-nos no Twitter!

Mais de Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Comentários

Notícias relacionadas