Paulo Henrique Amorim e o desafio a Antonio Palocci (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Certa feita, antes da queda de Dilma, o jornalista Paulo Henrique Amorim disse que o juiz Sérgio Moro era um ‘fracasso retumbante’.

Naquela oportunidade, PH Amorim, desprovido de qualquer ética profissional, apenas e tão somente procurava defender o seu apetitoso quinhão, que durante 13 anos vinha religiosamente recebendo do PT.

O jornalista, já naquela época, havia perdido a noção do ridículo.

Considerar Moro como ‘um fracasso retumbante’ era desrespeitar a esmagadora maioria da sociedade, que o aplaude. É tapar os olhos para um trabalho fantástico comandado pelo magistrado, que já apresentou resultados práticos, ou seja, a devolução de bilhões e bilhões de dólares para os cofres públicos, dinheiro roubado do povo brasileiro e recuperado pela Operação Lava Jato.

Mais recentemente, aliás ultimamente, Amorim passou por mais uma vergonha ‘retumbante’.

Do alto de sua mediocridade desafiou Palocci.

Deu no que deu...

Veja o vídeo.

da Redação
Ler comentários e comentar