Globo e Fantástico entram descaradamente na defesa da exposição do MAM (veja o vídeo)

A Rede Globo, através de seu principal programa, o Fantástico, preparou uma imensa reportagem neste domingo (8) visando, a seu modo, tentar incutir na cabeça de seus milhões de telespectadores que as manifestações contrárias a tal exposição Queermuseu foram atitudes preconceituosas da população brasileira.

A matéria começa afirmando que o brasileiro ‘comete preconceito sem perceber’ e aponta inúmeros percentuais aleatórios, apontando como fonte uma pesquisa nacional do Ibope.

Na sequência a reportagem cita frases verdadeiramente preconceituosas, comumente mencionadas pelas pessoas.

‘Ela tem o cabelo ruim’.
‘Ela está vestida igual a uma vadia’.
‘Pode ser gay, mas não precisa beijar em público’.
Dai, vem o ‘bote’ ideológico: O preconceito leva a intolerância e a manifestações de ódio.

Inicialmente dão como exemplo ações de traficantes na perseguição religiosa.

Até chegar à exposição do Queermuseu.

Ou seja, percorrem toda uma trajetória até chegar na malfadada exposição.

Nesse momento toda uma retórica é realizada na defesa da tal arte.

É impressionante a tentativa de manipulação.

A tentativa de ‘lavagem cerebral’ é notória.

Abaixo, veja o vídeo, tire suas conclusões e, caso queira, opine.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Sociedade