A inusitada perícia nos recibos de Marisa é o novo "golpe de mestre" de Zanin

Cristiano Zanin agora alega que submeteu os recibos de aluguéis de dona Marisa a duas perícias, antes de juntá-los ao processo na República de Curitiba.

Impressionante o quanto são patéticos os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ora, na realidade fizeram a juntada de documentos falsos, que certamente eles próprios confeccionaram.

O próprio Glaucos diz que assinou todos os recibos no mesmo dia e no leito de um hospital, o Sírio Libanês de São Paulo.

Acuados com a repercussão do fato, com a diligência determinada pelo juiz Sérgio Moro no hospital e com o pedido de Incidente de Falsidade protocolado pelo Ministério Público Federal, requerendo a apresentação dos recibos originais para perícia, os advogados do meliante Lula - segundo Mônica Bergamo da Folha de S.Paulo - providenciaram uma nova história, a de que teriam submetido os papéis a perícia particular. E mais, ‘cuidadosos’, acionaram dois especialistas — um do Brasil e outro do exterior — e só juntaram os documentos ao processo após receberem um sinal verde.



Ou seja, a nova história bolada pela defesa de Lula, dá conta que após encontrarem os documentos no baú de Marisa, por alguma desconfiança quanto a autenticidade, resolveram periciar.

Certamente imaginaram que a ‘pilantra’ poderia ter falsificado.

Sem dúvida, mais uma mentira, que vai crescendo assustadoramente e aumentando o número de participantes.

Ademais, se existissem realmente as duas perícias, porque não protocolaram junto com os recibos?
da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...