Para evitar assalto, agência do Banco do Brasil não trabalha mais com dinheiro (veja o vídeo)

Parece até piada, mas infelizmente não é.

Uma agência bancária do Banco do Brasil, localizado na cidade de Alvorada (TO), resolveu não mais trabalhar com dinheiro vivo devido ao medo de assaltos.

Essa atitude é apoiada pelos comerciantes da cidade e população em geral, que assinaram um abaixo assinado solicitando que tal medida fosse implementada.

Preferem ter uma agência "deficitária", só com caixa eletrônico, que não ter agência alguma, é o que pensam os moradores, que recentemente tiveram a agência explodida por assaltantes de bancos.

Como na mitologia grega, o estado brasileiro, se curva aos poucos à sua incompetência em oferecer uma segurança pública decente aos seus cidadãos, e opta por amputar-lhes as pernas.

"Na mitologia grega, Procusto (Προκρούστης) ou "o esticador [aquele que martela os metais], também conhecido como Prokoptas ou Damastes (Δαμαστής) "subjugador", era um ferreiro trapaceiro e bandido oriundo da região da Ática, que atacava fisicamente as pessoas ao esticá-las ou decepar suas pernas, de modo a forçá-las a ajustar-se ao tamanho de uma cama de ferro."

Assim o Brasil, cada vez mais, se firma como o país com os mais altos impostos do mundo e que oferece os piores serviços públicos do planeta aos seus cidadãos.

(Abaixo, o vídeo de um dos assaltos na agência)

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Siga-nos no Twitter!

Mais de Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Comentários

Notícias relacionadas