Câmara vai dar o troco em juízes trabalhistas e votar projeto que extingue a Justiça do Trabalho

A movimentação de juízes trabalhistas com o objetivo de boicotar a reforma trabalhista vai sofrer dura retaliação da Câmara Federal.

As novas regras entram em vigor no próximo dia 11 de novembro, mas os magistrados não pretendem cumpri-las.

Diante disso, os deputados pretendem colocar em votação um projeto que extingue a Justiça do Trabalho.

O próprio presidente da Câmara deputado Rodrigo Maia, defende publicamente a extinção.

Na realidade, com a modernização das leis trabalhistas, o órgão julgador especializado vai se tornar praticamente inócuo e desnecessário.

Acrescente-se a isso o fato de seu custo absurdamente alto, o grande número de servidores e os salários altíssimos dos magistrados, sempre acrescentados de inúmeros 'penduricalhos'.

Fonte: Jornalista Claudio Humberto

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça