PF desvenda a linha direta entre Gilmar Mendes e Aécio Neves

Investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o senador Aécio Neves mantinha uma ‘linha direta’ com o ministro Gilmar Mendes.

A informação consta de um relatório da Polícia Federal já enviado ao STF.

Foram pelo menos 46 ligações entre fevereiro e maio de 2017.

Ou seja, as duas figuras, réu e juiz, durante o período investigado, se falavam praticamente uma vez a cada três dias.

Parece notório que são detentores de intimidade ou interesses comuns.

É um complicador na votação do STF que contemplou o entendimento de que medidas cautelares aplicadas a parlamentares pelo Supremo deveriam ser autorizadas pelas Casas Legislativas.



Gilmar deveria ter se declarado impedido.

O mesmo Gilmar é o relator de quatro dos sete inquéritos que investigam o tucano no STF.

Uma das ligações deu-se no dia 25 de abril, coincidentemente, o mesmo dia em que o Aécio iria prestar depoimento à PF, suspenso por determinação do ministro.

Uma verdadeira aberração!
da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...