Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Revista Veja: Uma Estrela (de) Cadente

Fiquei impressionado ao ler o Artigo Especial Rússia, publicado nesta revista outrora tão respeitada (edição 2551 - 11 de outubro de 2017) e constatar que este "folhetim" avermelhou de vez.  E olhe que se fosse de vergonha seria até compreensível.

Nesta mesma edição, que tem na capa uma foto, piorada, do "temido candidato" Bolsonaro (para a esquerda caviar e para os desinformados), o professor titular de história contemporânea da Universidade Federal Fluminense (UFF), na pág 92-95, em um artigo denominado "O Desvio Autoritário de Uma Utopia", faz sua defesa romântica e "inocente" do socialismo, "esquecendo-se" de citar os mais de 100 milhões de mortes gerados por esta ideologia macabra.

Dentre outros absurdos, acena com a possibilidade da reconciliação do comunismo com a democracia, como condição ótima para o surgimento de um sistema mais justo e democrático em um futuro próximo.

Não é à toa que as universidades públicas federais tem sido as principais responsáveis por um exército de "intelectuais" iludidos com esse sistema opressor, que vende um paraíso utópico no futuro, em troca de um inferno miserável e certo no presente.

Alguns trechos do artigo:

" Durante o século XIX, socialismo e democracia eram conceitos intercambiáveis. O socialismo era visto como um aprofundamento da democracia e só seria possível quando esta fosse aperfeiçoada."...
"Na América Latina, no começo dos anos 1980, o Partido dos Trabalhadores (PT), por meio de várias de suas tendências, cultivou a ambição de construir um caminho socialista e democrático."...
"Casos em que socialismo e democracia aparecem juntos são raros, mas existem. No Uruguai, propostas de construção de um socialismo democrático estão vivas no interior da Frente Ampla, destacando-se aí a figura do ex-presidente José Mujica."...
"A desagregação da União Soviética, em 1991, as opções da China no sentido de um desenvolvimento capitalista sob controle do Estado, mantida a ditadura política, e a transformação da Revolução Cubana numa ditadura conservadora e familiar geraram situações favoráveis ao repensar de um socialismo democrático, com raízes nos movimentos socialistas do século XIX, cujas experiências mais fortes se encontravam na Europa e nos Estados Unidos. Esse é o desafio que se coloca para uma eventual reinvenção do socialismo no século XXI - voltar a associar socialismo a democracia. Só assim ele terá condições de prosperar como alternativa. " 
O que fizeram com esta Revista? Como cancelei minha assinatura de mais de 20 anos por esses e outros motivos, só agora, após ser presenteado por um amigo com esse exemplar, pude verificar tamanho despropósito.

Vou guardar com muito carinho e cuidado este exemplar, caso nas próximas eleições em 2018, nos transformemos na mesma "demoniocracia" socialista venezuelana. Se isto acontecer, as páginas deste exemplar me serão muito úteis.

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Siga-nos no Twitter!

Mais de Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Comentários

Notícias relacionadas