Estudantes da UFPE agridem colegas que assistiam filme sobre Olavo de Carvalho (veja o vídeo)

Uma grande sombra negra (vermelha) paira sobre a sociedade brasileira: O radicalismo de esquerda é um perigo que a imprensa esconde.

Um grupo de estudantes de esquerda agrediu nesta última sexta-feira (27), um grupo de pessoas que estava assistindo o filme/documentário "Jardim das Aflições", que aborda alguns aspectos  sobre a vida do filósofo Olavo de Carvalho.

Este triste e grave episódio aconteceu na UFPE (Universidade Federal de Pernambuco). Logo em uma universidade, local onde deveria haver liberdade de expressão e debate civilizado de ideias.

A agressão ocorreu na saída da sessão, quando um grande número de militantes socialistas, gratuitamente, começou a hostilizar as pessoas que tinham assistido ao filme.

Ao ver que alguns telespectadores estavam usando camisas com a estampa do Deputado Bolsonaro, partiram para a agressão física propriamente dita.

Precisamos coibir de forma enérgica este tipo de atitude antidemocrática, característica de ditaduras comunistas, antes  que algo pior aconteça.

A esquerda tem seguido à risca a cartilha comunista . Lênin dizia: “Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é”.

Chamam, injustamente, os eleitores de direita de fascistas, de intolerantes e de antidemocráticos em todas as suas manifestações, mas, na realidade, esses adjetivos apenas descreve, perfeitamente, o próprio "modus operandi" desta quadrilha.
___________


___________
A imprensa tem relativizado os atos agressivos  destes protótipos de ditadores, minimizando suas atitudes insanas.

Qual seria a cobertura jornalística da imprensa brasileira, se a mesma atitude covarde, fosse realizada por eleitores de Bolsonaro?

Já imaginaram a cara de C_ de Leilane Neubarth na Globo News, ou de Chico Pinheiro, no Bom Dia Brasil, ao relatar a matéria?

O Brasil precisa acordar, os ingredientes para nos transformar em uma nova Cuba/Venezuela, já estão todos dentro da "cuba", digo, tigela:

• povo inocente e desarmado;
• excesso de partidos socialistas/comunistas;
• legislativo corrupto e descomprometido com as necessidades nacionais;
• URNA ELETRÔNICA Fraudável;
• polícia política (Força Nacional) ;
• aparelhamento político do judiciário;
• existência de grupos violentos paramilitares (MST, MTST, CUT, UNE, UNJS) ;
• apoio internacional de ditaduras comunistas a partidos comunistas brasileiros;
• FFAA apáticas e alheias ao perigo comunista;
• aparelhamento das escolas e universidades públicas, meio artístico, imprensa, etc.
Nossa democracia agoniza. O que será do futuro de nossa nação?

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Mais de Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Comentários