Homem que estuprou enteada de 11 meses é colocado em liberdade no RS

Ler na área do assinante

Em junho de 2016, um bebê de 11 meses deu entrada no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo (RS).

A situação da criança era gravíssima. Traumatismo craniano, fraturas pelo corpo e fissuras nos órgãos genitais.

Os exames realizados comprovaram o estupro e a investigações chegaram ao autor: Leonardo Orso, padrasto da menininha indefesa.

O jovem acusado foi preso dentro do hospital quando se preparava para visitar a sua própria vítima.

Na sequência, o marginal acabou confessando o crime e disse que já havia estuprado a criança outras vezes.

Ainda explicou que não tinha desejo sexual, e sim ódio do bebê.

A alegação para a insanidade é de que tinha ciúmes da garota.___________

___________ A mãe em depoimento afirmou que desconfiava.

Ele foi preso e por motivo de segurança passou por 3 presídios: Passo Fundo, Soledade e Guaporé.

Este mês, exatamente no dia 13 de outubro, o estuprador foi beneficiado com a liberdade provisória.

Representantes dos direitos humanos alegaram que a vida do cidadão estava em risco.

Solto, certamente outras vidas correm perigo.

Um motivo de indignação para toda a sociedade.

da Redação

Comentários