Juiz e réu, juntos no mesmo projeto político

É complicado para um magistrado se despir de sua toga e entrar com a cara e a coragem no cenário político eleitoral.

A tarefa se torna ainda mais delicada quando esse cidadão sempre cultivou uma imagem de honestidade, coragem e honradez.

Nesse sentido, percebe-se que o quadro político que o juiz Odilon de Oliveira está construindo para sua eventual candidatura é tenebroso.

Nelsinho Trad, envolvido em escabrosos casos de corrupção, está todo saltitante na pretensão de ser o senador do juiz Odilon. Caso a união se concretize, será aviltante, um péssimo início de carreira política para o homem que se notabilizou por sua destreza no enfrentamento ao tráfico de drogas.

Por outro lado, o principal articulador da pré-campanha de Odilon é o deputado Dagoberto Nogueira, réu num processo por suposto desvio de R$ 30 milhões no Detran-MS.

Quem acatou a denúncia contra o deputado foi o então juiz Odilon. Politicamente uma situação esquisita, que obviamente será explorada pelos adversários. Juiz e réu no mesmo palanque.
___________


___________
Em suma, Odilon está se cercando de políticos viciados e repletos de acusações de envolvimento em práticas de corrupção.

São esses mesmos que irão ajudá-lo a ‘governar’.

O risco é de acontecer com o juiz o mesmo que está acontecendo no Mato Grosso com Pedro Taques.

A plena desmoralização, chamuscando uma carreira brilhante.

Lívia Martins

Articulista e repórter
livia@jornaldacidadeonline.com.br

Mais de Lívia Martins

Comentários