Homem mata assaltante dentro de casa e vai preso em flagrante por homicídio

Antigamente a residência era inviolável e o estado autorizava qualquer cidadão a proteger o seu lar, a sua morada e a sua família.

Parece que os novos tempos, a inversão de valores, o desarmamento e a política adotada na questão dos direitos humanos deu uma nova visão para esse tipo de situação.

É o que se denota claramente em um caso acontecido neste sábado (11) na cidade de Poconé (MT).

O cidadão teve sua casa invadida por dois ladrões armados, que anunciaram o assalto.

Neste momento o morador dormia, quando foi acordado pelos gritos da esposa.

Comerciante, atuante no comércio de veículos, o dono da casa possuía revólver e porte de arma.
___________

___________
Incontinenti, ele pegou a arma e enfrentou um dos bandidos, desferindo um tiro fatal no peito do marginal que, como dito, estava armado e que, após cambalear, caiu na piscina do imóvel. O rapaz foi identificado como Patrick Oliveira, de 19 anos de idade.

O outro assaltante acabou conseguindo fugir.

A polícia foi acionada, compareceu ao local dos fatos, retirou o corpo do marginal da piscina e deu ordem de prisão para o dono da casa, pelo cometimento do crime de homicídio.

A vítima do assalto irá passar o final de semana na cadeia e na segunda-feira (13) será encaminhada para a audiência de custódia, onde um juiz irá decidir sobre o seu futuro.

O delegado do caso reconheceu a legítima defesa, mas optou por autuar o morador pelo crime de homicídio e encaminhá-lo para a audiência de custódia.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Policia

loading...