Mulher que matou outra em discussão no trânsito em Macaé tem outros crimes no Ceará

Este final de semana um crime bárbaro e trágico marcou a cidade de Macaé, no Rio de Janeiro.

A empresária Raquel Melo Mota, após uma discussão corriqueira no trânsito foi assassinada com três facadas no peito por uma outra mulher, Islay Cristina Pereira de Sousa.

Nas redes sociais, Islay se apresenta como funcionária da Câmara Municipal de Macaé, mas o seu nome não aparece no Portal de Transparência da edilidade.

Por outro lado, sabe-se que Islay Cristina é oriunda de Fortaleza no Ceará, onde já respondeu a outros processos criminais.

Um dos processos na Comarca de Fortaleza encontra-se em trâmite na 4ª Vara do Tribunal do Júri, que julga crimes contra a vida. Possivelmente foi homicídio ou tentativa de homicídio. Veja abaixo:


Nesse processo ela é qualificada como solteira e vendedora. A vítima na ocasião foi também uma mulher, Edna Maria Lopes dos Santos.

O empresário Vanderson Fernandes, marido de Raquel Melo Mota está transtornado.

Ele tem usado as redes sociais para pedir informações sobre o paradeiro de Islay, tem prometido que a Justiça irá prevalecer e disse que irá encontrar a autora do crime ‘até no inferno’.



Raquel chegou a ser socorrida e operada após o crime, mas não resistiu, um dos golpes atingiu a vítima no tórax e acabou perfurando o pulmão.


da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Policia