Com remuneração de mais de R$ 40 mil, juízes de SP têm direito a R$ 5 mil para comprar livros

Em reportagem de Andrezza Matais para o Estadão, a jornalista explora a “bolsa livro” das magistraturas dos estados de São Paulo e Maranhão.

O benefício consiste no reembolso de valores até R$ 5.000,00 por ano (R$ 416,67 por mês), no caso de São Paulo, e R$ 1.300,00, no caso do Maranhão, para os magistrados que apresentarem as notas fiscais de livros de natureza jurídica.

Neste ano, 1.340 magistrados de São Paulo já solicitaram o benefício, com uma média de R$ 1.700,00 cada um. O custo para os cofres públicos, caso todos os magistrados solicitem o benefício, é de R$ 13 milhões.

O debate da necessidade do benefício está levantado, já que o salário inicial da magistratura é de R$ 27.500,17. Porém, a média de remuneração mensal dos magistrados ultrapassa os R$ 43 mil se considerados todos os benefícios e direitos de que dispõem.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça