Glória Maria vai contra a maré Global: "Sou negra e me orgulho. Mas não sigo cartilhas!"

Que a rede Globo segue uma agenda de vitimização dos negros em sua programação não é nenhuma novidade. Mas, aparentemente, nem todos os seus funcionários concordam com o rumo das coisas.

A polêmica da vez envolve a apresentadora Glória Maria.

A apresentadora publicou em sua página no Facebook uma frase de Morgan Freeman em que ele afirma que o racismo só acabará quando as pessoas pararem de falar nisso, passando a tratar-se igualmente.

A publicação gerou polêmica entre os seguidores. Os mais indignados pediram até que a apresentadora a apagasse. Aqueles que concordaram com os dizeres não economizaram elogios e parabenizações.



Frente às críticas, a apresentadora se manifestou na seção de comentários da publicação, afirmando que, assim como Freeman, nasceu pobre e batalhou muito para chegar aonde chegou. Disse ainda que enfrentou muito preconceito e tem orgulho de ser negra, mas que não é por isso que seguirá cartilhas com as quais não concorda. Confira o recado da apresentadora na íntegra:
“Pra todos que não concordam com este pensamento do Morgan Freeman: Não concordar é um direito de vocês! Mas pretender que todos pensem igual é no mínimo prepotente! Eu concordo totalmente com ele! Pra começar ele não é brasileiro e não está citando o dia da Consciência Negra. Uma conquista nossa! Está falando de algo muito maior. Humanidade! Eu e ele também nascemos negros e pobres e conquistamos nosso espaço com muita luta é trabalho! Não somos privilegiados. Somos pessoas que nunca aceitaram o lugar reservado pra nós num mundo branco! Algum de vocês conhece a minha história e a dele? Se contentam em tirar conclusões e emitir opiniões equivocadas em redes sociais! Nós estudamos, lutamos, resistimos e combatemos todo tipo de discriminação! O preconceito racial é marca nas nossas vidas! Mas não tenho que mudar minhas ideias por imposição de quem quer que seja! Apagar este post???? Nunca!!!! Quem não concorda com ele ok! Acho triste mas entendam. As cabeças e os sentimentos graças a Deus não são iguais! Como lutar contra a desigualdade se não aceitamos as diferenças? Queridos vivam suas vidas e nos deixe viver a nossa! Temos que tentar sempre encontrar nosso próprio caminho! Sem criticar e condenar o dos outros! Cada um precisa combater o racismo da maneira que achar melhor! Lembrando sempre do direito e da opinião do outro!sou negra e me orgulho . Mas não sigo cartilhas . Minhas dores raciais conheci e combati sozinha! Sem rede social para exibir minhas frustrações! Tenho direito e dever de colocar o que penso num espaço que é meu! Não imponho e não aceito que me digam como devo viver ou pensar!”.
Para completar, a apresentadora provocou os críticos com uma postagem genial, no Instagram, em que afirma ter aprendido o que sabe sobre racismo e escravidão com a própria família e não no Google.


da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Sociedade

loading...