Petista que assumirá mandato de senador pagou por sexo com adolescente

O Partido dos Trabalhadores está prestes a aumentar sua representação no Senado Federal. O ex-secretário de governo de Agnelo Queiróz em Brasília, Wilmar Lacerda, que é o 1º suplente de Cristovam Buarque, assumira a vaga, em razão do afastamento do titular por quatro meses.

Cristovam resolveu se afastar, vez que pretende se dedicar exclusivamente a pré-campanha eleitoral.

O petista, porém, tem um problema enorme para resolver e se explicar, se é que tem alguma explicação.

Wilmar Lacerda está acusado formalmente de ter mantido relações sexuais com uma adolescente de 17 anos de idade.

O boletim de ocorrências foi registrado no mês passado em uma delegacia de polícia de Planaltina (DF), onde a jovem foi ouvida e relatou ter mantido relações sexuais com o petista em troca de lanches.

A jovem garante que os encontros sexuais foram mantidos no apartamento de Wilmar Lacerda.

A atitude do petista configura uma prática criminosa, O delito estabelece pena de 4 a 10 anos para quem “submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 anos”

O político já presidiu o PT em Brasília e esteve envolvido no ‘mensalão’ como sacador de propina de R$ 235 mil no Banco Rural.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política