Em áudio, pai de tripulante do submarino argentino faz homenagem às vítimas e emociona a milhões (Escute o Áudio)

Tenho esperança que isso sirva para fazer um país, uma marinha e uma política melhores.

O capitão de navio Jorge Bergallo, pai de Jorge Ignacio Bergallo, segundo comandante do ARA "San Juan", disse que o "sacrifício dos 44 submarinistas foi póstumo e total", tenho esperança que isso sirva para fazer um país, uma marinha e uma política melhores.

Veja o vídeo abaixo com o áudio emocionado de Bergallo:

De acordo com Bergallo, os membros da tripulação "sabiam disso, escolheram e assumiram e são um exemplo para todos, para 44 milhões de pessoas", e também - observou ele - para os "marinheiros e soldados que muitas vezes perdem o controle de por que somos, o que nós somos, e os riscos que isso implica ".

Por sua vez, ele enfatizou que "o martírio não é escolhido, é uma graça concedida, e eles têm a graça de estar onde eles escolheram estar, no mar, em patrulha eterna, afundada como um marco, como os 300 espartanos" .

Jorge Bergallo e o Filho
Jorge Bergallo e o Filho
da Redação

Comentários