Zanin sofre nova derrota para Moro, a de número “48”, e bens de Lula permanecem bloqueados

O advogado Cristiano Zanin e sua patética trupe, acaba de sofrer nesta terça-feira (28) mais uma acachapante derrota para o juiz Sérgio Moro.

Zanin é bom para afrontar, péssimo para litigar.

Desta feita a derrota foi na 2ª instância, ou seja no Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

O TRF-4 decidiu que, conforme houvera decidido o juiz Sérgio Moro, os bens do meliante Luiz Inácio Lula da Silva devem continuar bloqueados.

A manutenção do bloqueio demonstra que os desembargadores estão entendendo que tais bens podem ser produto de corrupção e propina.

A decisão é um alento do que deve acontecer no processo do tríplex, o primeiro que será julgado pelo TRF-4, ainda no 1º semestre de 2018.

Lula está a caminho da inelegibilidade e, possivelmente, da cadeia.

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça