Câmara tramava para esta quarta (29) o “golpe do plano de saúde”

Parece que foi encontrada uma solução para ludibriar a lei que proíbe o aumento abusivo do plano de saúde para clientes que completam 60 anos de idade.

O desfecho da pilantragem poderia acontecer nesta quarta-feira (29) na Câmara Federal.

A nova Lei do Plano de Saúde vai permitir o reajuste aos 59 anos, um ano antes dos 60, e em alguns casos poderá chegar a até 500%.

Mais um absurdo sob o patrocínio daqueles que foram eleitos para representar o povo.

O objetivo é excluir os idosos dos planos.

Quem quiser permanecer com os benefícios terá que pagar muito caro, o que acabará ficando inviável.

Com a revelação da trama, o relator adiou a apresentação do documento para apreciação pela comissão especial da Câmara que trata do assunto.

A nova data crucial é dia 13 de dezembro.

Fiquem atentos!

da Redação

Comentários

Mais em Saúde