A deprimente prática de corrupção na terceira idade

A prática de corrupção por vezes está impregnada no DNA.

É uma herança maldita familiar, que passa de pai para filho, comunicando com a ‘santa mãe’.

Pelo menos, parece ser esse o caso do ‘clã’ baiano Vieira Lima.

A Polícia Federal concluiu a investigação sobre o bunker com 51 milhões de reais em dinheiro vivo descoberto em Salvador, em imóvel ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima e ao irmão dele, o deputado federal Lúcio Vieira Lima.

Os investigadores atribuem aos irmãos a prática dos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Causa asco o suposto envolvimento da octogenária Marluce Quadros Vieira Lima.

Dona Marluce também está sendo acusada de ativa participação no esquema, em cumplicidade com os seus rebentos.

Antes do bunker, a grana ficava escondida no closet da anciã.

É a lama...

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política