Evo, o tirano boliviano, chega hoje à Brasília para pedir benesses para o ‘golpista’ Temer

O presidente da Bolívia Evo Morales, que fez coro e ameaças contra o impeachment de Dilma Rousseff, anda alucinado em busca de uma visita oficial ao presidente Michel Temer.

Esse boliviano descarado, tratou o impeachment como golpe parlamentar e, na época, em represália, e em mais um ato de desrespeito ao povo brasileiro, tirou o seu embaixador de Brasília.

Dependente do Brasil, mais tarde mandou o embaixador de volta e presentemente tenta marcar um encontro com o presidente brasileiro.

Vem, obviamente, pedir alguma coisa.

Por conta dos problemas de saúde de Temer, a visita de Evo já foi cancelada duas vezes.

O desespero é tão grande que após a cirurgia de Temer, todos os dias o Itamaraty recebe interpelações do governo boliviano sobre a possibilidade de novo reagendamento da visita. A insistência deu resultado e ele chega nesta terça-feira (5).

Observe-se ainda que esse tirano, que recentemente acaba de conseguir na Justiça o ‘direito’ de novamente se candidatar a presidente da Bolívia, contrariando o referendo do povo boliviano, que rejeitou uma nova reeleição, em conluio com Lula se apossou de patrimônio brasileiro, ocupando com o seu exército em 2006, nossos campos de produção.

Tivesse o Brasil um governo firme e verdadeiramente patriota, não dava conversa antes de que devolvesse o que é nosso.


da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional

loading...