Teixeira e Del Nero, ex e atual presidentes da CBF, estão refugiados no Brasil (veja o vídeo)

No evento do sorteio que definiu os grupos e a tabela da Copa do Mundo da Rússia em 2018, realizado no dia 30 de novembro em Moscou, somente um presidente de federação dos países participantes no evento, não se fez presente.

Exatamente! Ele mesmo. O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero.

O motivo: um horripilante medo de ser preso.

Tanto Del Nero quanto Ricardo Teixeira, não podem sair do Brasil. Caso o façam, fatalmente serão presos pela prática de corrupção.

Estão com mandados de prisão em diversos países, ou seja, literalmente refugiados no Brasil.

Absurdo, que aqui no nosso país ainda detenham poder e prossigam comandando o nosso futebol e a bilionária CBF.

Abaixo, veja a reportagem sobre o caso:

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Esportes

loading...