Homem que matou filha da novelista Glória Perez agora é pastor evangélico

O ex-ator Guilherme de Pádua que no dia 28 de dezembro de 1992, juntamente com sua então esposa, Paula Thomaz, assassinou a atriz Daniella Perez, filha da novelista Glória Perez, se tornou neste último final de semana, pastor evangélico.

Guilherme de Pádua converteu-se evangélico, dez anos após o crime, quando iniciou os estudos de teologia.

Pelo crime cometido ele cumpriu uma pena estabelecida em 19 anos e seis meses de cadeia.

Na época, o crime chocou o país. Guilherme e Daniella formavam um casal romântico numa novela escrita por Glória Perez.

Ele teria se apaixonado pela atriz e, em função disso, iniciado uma série de conflitos em seu casamento, que culminou com o assassinato provocado por uma crise de ciúmes de Paula.

Na cadeia Guilherme e Paula se separaram.

Em março deste ano ele se casou novamente com a maquiadora Juliana Lacerda.

Finalmente, após concluir os estudos na área de teologia tornou-se o pastor Guilherme e parece ter iniciado uma nova vida.

da Redação

Comentários

Mais em Celebridades