O jornalismo às avessas (veja o vídeo)

A fama conquistada por Reinaldo Azevedo o fez pequeno, medíocre, decrépito.

O jornalista pauta atualmente sua atuação no que ele entende que será melhor para aparecer.

Adotou o lema: Falem mal, mas falem de mim.

E surfa no trabalho de outrora.

Porém, sem que se aperceba, vai gradativamente perdendo toda a sua credibilidade.

Logo, ninguém mais vai lê-lo ou ouvi-lo.

Nesta quarta-feira (13) ele, pasmem, criticou a celeridade da Justiça com o processo de Lula, no TRF-4, em Porto Alegre.

Questionou a imparcialidade dos desembargadores e festejou a primeira colocação de Lula nas pesquisas.

Na sequência, criticou o fato de justamente o primeiro colocado nas tais pesquisas estar em vias de ser declarado inelegível.

A Justiça para ser justa não pode se apegar jamais a preferências eleitorais, mas, mesmo que assim queira o jornalista, essas mesmas pesquisas demonstram que mais de 50% da população brasileira quer ver Lula preso.

Abaixo, veja o patético comentário de Reinaldo:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política