Casal Garotinho parte para o ataque contra juiz que denunciou Gilmar (veja o vídeo)

Espertamente, Antony e Rosinha Garotinho estão se aproveitando do vazamento do áudio atribuído ao juiz Glaucenir Oliveira, o mesmo que determinou a prisão de ambos e que acusou o ex-governador de tê-lo tentado subornar, para ir ai ataque contra o magistrado.

Pesa contra Glaucenir Oliveira acusações de já ter se envolvido em outras situações que depõem contra sua conduta, o que poderá enfraquecer sua denúncia contra o próprio Gilmar Mendes.

No ano de 2009, o juiz teria importunado a namorada de um empresário de Vitória (ES), durante show da banda Skank. Quando o empresário reagiu, o juiz sacou uma pistola e apontou para ele. A polícia foi chamada.

Na polícia o juiz admitiu que ele e um amigo entraram armados na boate. Em sua defesa, alegou que sofreu um esbarrão e levou a mão à arma ‘por reflexo’. Beneficiado por prerrogativa de foro, manteve a arma e conseguiu que o inquérito caminhasse em sigilo.

Em 2011, Glaucenir Oliveira voltou a ir para uma delegacia, acusado de ter agredido uma Guarda Municipal que o multou no trânsito de Campos (RJ).

Garotinho e Rosinha, divulgaram uma nota neste sábado (23) defendendo a ‘honra’ do ministro Gilmar Mendes e atacando o magistrado.

Abaixo, veja a nota:

‘Circula nas redes sociais, inclusive com divulgação por sites de notícias, uma gravação atribuída ao Juiz Glaucenir Oliveira, com afirmações que podem constituir crime contra honra praticado e falta funcional gravíssima.
Não defender a honra do Ministro Gilmar Mendes, como seus pares no Tribunal Superior Eleitoral e Supremo Tribunal, é desacreditar toda a justiça brasileira, composta na sua maioria de magistrados corretos que decidem com base na Constituição e nas leis e nos códigos, jamais em interesses subalternos e sujos sugeridos pelo juiz Glaucenir Oliveira, citando o juiz Ralph Manhaes.
Por confiar e defender a presunção de inocência, nossos advogados estão pedindo a perícia confirmação do padrão de voz.
Caso constatada a veracidade do referido áudio e as inúmeras inverdades nele contida, não nos restará outra medida senão o encaminhamento da gravação ao Ministro ofendido, ao Conselho Nacional de Justiça e a Presidente do STF, para as providências cabíveis.
De nossa parte abrirmos novo processo criminal contra o Juiz Glaucenir Oliveira, que vêm a ser o mesmo que inventou um suposto suborno e também quase provocou a morte súbita do Garotinho ao transferi-lo do hospital Souza Aguiar para a UPA de Gericinó, contra determinação médica, ameaçando de prisão médico Marcelo Jardim.
Rosinha e Anthony Garotinho'
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também divulgou nota em apoio ao ministro. Veja a íntegra:
“O ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, solicitou providências ao Corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio Noronha e instauração de inquérito ao diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, sobre o áudio que circulou hoje nas redes sociais no qual são feitas graves acusações caluniosas à sua pessoa e às recentes decisões tomadas por ele. Também foram comunicados o presidente e o corregedor do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O ministro Gilmar reitera que suas decisões são pautadas pelo respeito às leis e à Constituição Federal.”

Ouça o áudio atribuído ao juiz Glaucenir Oliveira:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça